quarta-feira, 22 de julho de 2009

Os vírus e o Linux

Os vírus e o Linux
Os vírus são programas mal intencionados que fazem algo em sua máquina que você não gostaria que fizessem, sem seu conhecimento ou permissão. Após o vírus ser ativado, ele infectará outros arquivos/programas.

A plataforma UNIX não é muito vulnerável a vírus, que são muito comuns nas demais plataformas como Windows (3.1, 95, 98, ME) e Macintosh, pois eles não trabalham com múltiplos usuários nem permissão de arquivos.

O Linux tem definições claras sobre permissões de arquivos, usuários, grupos. Nele, um vírus pode afetar apenas o usuário que executou o programa, ao contrário de plataformas como o Windows, onde o que estiver sendo executado tem controle total sobre a máquina. Isso faz com que seja, na melhor das hipóteses, difícil o desenvolvimento de vírus pra Linux.

Então já existe vírus pra Linux?

Alguns vírus de teste de conceito foram criados, porém, eles são propagados apenas se forem executados como root e não podem se espalhar remotamente, apenas infectar outros arquivos binários na própria máquina (ou disponíveis através do NFS). É possível que sejam desenvolvidos vírus para plataforma Unix, mas até hoje, não há nenhum.

Mas então, qual a função dos anti-vírus pra Linux?

Há anti-vírus que rodam no Linux e você deve ouvir falar neles de vez em quando. Na verdade, esses programas permitem que uma máquina Linux procure vírus de computadores pessoais, máquinas Macintosh, etc, e não propriamente vírus para Linux. Esses anti-vírus são muito utilizados quando o Linux está rodando como servidor de email ou arquivos, permitindo que sejam pesquisadas todas as mensagens que forem recebidas, por exemplo.

Para evitar problemas, evite trabalhar como "root", e nem pense em entrar na net como tal.

Por: Luiz Antonio da Silva Junior
Fonte:http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Os-Virus-e-o-Linux/

Um comentário:

  1. Achei interessante a idéia de vocês terem criado o blog. :)

    www.techlivre.blogspot.com

    ResponderExcluir